segunda-feira, julho 13, 2009

Melopeia

Sob o teu olhar
a minha pele sossega
Ouç' uma melopeia
um canto líquido,
uma névoa que sob o teu olhar vagueia.
Sob o teu olhar
supendo-me em espera das voltas do mar
que só a areia encerra
Sob o teu olhar
a minha pele cega.

2 Comentários:

Blogger pekenasutopias disse...

Muito boa poesia encontrei neste Babilónias, Alexandra.
Obrigada.

Maria João

2:34 da tarde  
Blogger Maria João Brito de Sousa disse...

... e voltei, desta vez para deixar o meu nome e um abraço :)

5:41 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial